Purificação de água

Balanças

Osmose Inversa

Equipamento

Laboratório

Autoclave

Ar

Membranas

HEPA

Acreditação

Instruments

Partículas

Filtros

Microbiologia

Fluxo Laminar

TOC

Salas Limpas

Purificação de ar

Filtração

Estufas

Contadores de Partículas

Ensaios em Salas Limpas e Tendas de FL

Todas as áreas que pertencem a uma Sala ou Zona Limpa são definidas por uma classe, devendo ser controladas com ensaios de verificação e ações de manutenção periódicas.

A INTERFACE está acreditada para a realização de ensaios de verificação em Salas ou Zonas Limpas nomeadamente: classificação de ar limpo - contagem de partículas, determinação da temperatura e humidade, intensidade luminosa e nível sonoro, o diferencial de pressão, integridade do sistema de filtração (“leak tests”) e a velocidade do ar.

Para a realização destes ensaios são utilizados equipamentos de referência, devidamente calibrados nomeadamente: Contador de Partículas, Termoanemómetro, Micromanómetro, Fotómetro e Gerador de Aerossóis, Sonómetro e Luxímetro.

 

   Ensaio de Classificação de Ar Limpo - Contagem de Partículas

O objetivo deste ensaio é a determinação da classe das várias zonas da Sala ou Zona Limpa, segundo a Norma Europeia ISO 14644 e comprovar que se encontram dentro dos limites estabelecidos.

Para a sua determinação, são definidos previamente os seguintes parâmetros:

- Definição das zonas a controlar e classificação teórica;

- Tipo de produção, que determinou a classificação estrutural, tal como foi construído, em repouso ou operacional;

- Definição do número de pontos de amostragem por Sala ou Zona Limpa, de acordo com a área;

- Determinação dos locais de amostragem. A Sala ou Zona Limpa é dividida em secções (igual ao número de pontos de amostragem) de área igual e em cada secção seleciona-se a localização da amostragem, que seja representativa das características da secção. Em cada localização coloca-se o Contador de Partículas no plano de trabalho, ou noutro ponto específico. Localizações de amostragem adicionais podem ser selecionadas para locais críticos. O seu número e posições é acordado e especificado, caso a caso;

- Determinação do caudal de ar. O volume de amostra em cada ponto deve ser de pelo menos 2 litros, com um tempo mínimo de amostragem de 1 minuto. Os Contadores de Partículas por norma têm pré-definido um volume de 28,3 l/min.

 

Quando duas ou mais amostragens são feitas num ponto, calcula-se a média do número de partículas por localização, para cada tamanho de partículas, considerado a partir das concentrações de partículas individuais.

Concentração de Partículas/m^3 = (média das partículas para cada tamanho x 1000) / Vt (L).

A Sala Limpa ou Zona Limpa é considerada como tendo cumprido os requisitos de classificação se a média das concentrações de partículas por m^3 não exceder os limites de concentração específicos fixados para a Classe ISO teórica, definidos pela Norma Europeia ISO 14644.

   Ensaio da Velocidade do Fluxo de Ar

O objetivo deste ensaio, é a avaliação da velocidade do fluxo de ar medida, quer a jusante dos filtros finais ou em condutas de fornecimento de ar para dentro da sala, em que ambos os métodos assentam na medição da velocidade do ar que passa por uma área conhecida, sendo o caudal de ar, o produto da velocidade pela área. A medição da velocidade do fluxo de ar é efectuada em fluxos unidirecionais em Salas Limpas e Zonas Limpas, sendo esta determinação

opcional em instalações que apresentam fluxos não-unidirecionais porque o objetivo desta determinação é a avaliação da uniformidade do fluxo.

Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em Salas Limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.1”.

Para a realização deste ensaio é utilizado um Termoanemómetro. É necessário dividir a zona de entrada do ar em áreas iguais e não superiores a 0,4m^2. A sonda do equipamento é depois colocada na posição perpendicular à direção do ar e a velocidade do ar é medida em cada ponto estabelecido.

   Visualização da Direção do Fluxo de Ar
O objetivo deste ensaio é visualizar a direção do fluxo de ar que é insuflado, extraído e o que se encontra na zona de trabalho, com o auxílio de ampolas de fumo.
O ensaio consiste em passar o fumo produzido pelas ampolas pelas grelhas de insuflação de ar presentes na Sala ou Zona Limpa e visualizar a direção do fluxo de ar que sai destas. Procede-se da mesma forma nas grelhas de extração de ar e na zona de trabalho.

   Ensaio do Diferencial de Pressão
O objetivo principal deste ensaio é verificar se o sistema da Sala ou Zona Limpa garante a pressão diferencial entre a Sala ou Zona Limpa e o ambiente que a rodeia.
Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em salas limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.4”.
Para a realização deste ensaio é utilizado um Manómetro em que é feita a medição e registo da pressão diferencial entre a sala limpa e a antecâmara (se existir) e entre esta e o ambiente exterior. Se não existir antecâmara, mede-se e regista-se a pressão diferencial entre a sala limpa e o ambiente exterior. Se o espaço limpo em questão, está dividido em mais do que uma área, mede-se a pressão diferencial entre cada área, até à área de ligação com o exterior.

   Ensaio de Integridade do Sistema de Filtração “Leak Tests”
Este ensaio tem por objetivo confirmar se os filtros HEPA e/ou ULPA continuam em boas condições, livres de defeitos e fugas. Este ensaio é recomendado particularmente para salas classificadas na Classe ISO 5, antiga Classe 100.
Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em Salas Limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.2”.

Os equipamentos utilizados são o Fotómetro e o Gerador de Aerossóis. O ensaio consiste na introdução de um aerossol específico por cima do filtro de forma a procurar-se possíveis fugas com a sonda do fotómetro por debaixo do mesmo.  

   Ensaio da Intensidade Luminosa

O objetivo deste ensaio é medir a intensidade luminosa presente na sala, para aferir o eventual impacto negativo para o operador. Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em Salas Limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.6”.

A intensidade luminosa é medida com o auxílio de um Luxímetro ao nível da zona de trabalho.

   Ensaio do Nível Sonoro
O objetivo deste ensaio é medir o nível sonoro existente na sala, em funcionamento normal.
Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em Salas Limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.7”.
Para a realização deste ensaio é utilizado um Sonómetro bem como o respetivo calibrador. A Sala ou Zona Limpa é dividida em zonas de área igual não superior a 40m^2.
São feitas as medições e registos do nível sonoro para cada banda de oitava (63, 125, 250, 500, 1K, 2K, 4K e 8K) no centro de cada zona. 

   Ensaio da Temperatura e Humidade
O objetivo deste ensaio é demonstrar a capacidade da instalação para manter o valor da temperatura e da humidade dentro dos valores estruturalmente estabelecidos.
Os procedimentos seguidos neste ensaio são baseados nas recomendações de ensaios em Salas Limpas, estabelecidos pelo organismo “Institute of Environmental Sciences and Technology – IEST-RP-CC006.3: Testing Cleanrooms – Ponto 6.9”.
Para a sua realização é utilizado um Termohigrómetro devidamente calibrado.

   RELATÓRIO FINAL
Após a realização de todos os ensaios, por um técnico qualificado da INTERFACE, é emitido um relatório relativamente à Sala ou Zona Limpa ensaiada, que refere os valores obtidos bem como se se encontram dentro dos limites definidos pelos documentos normativos, que suportam os ensaios efetuados. Este relatório final tem a supervisão do responsável da qualidade.

  • Grey Google Places Ícone

© Interface 2018